La Oliphant

La Oliphant

Tudo sobre: Romance de Época

Resenhas

Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir por Sarah MacLean

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Arqueiro
Ano de Publicação: 2017
3º livro da série Os Números do Amor
Número de Páginas: 336
Código ISBN: 9788580415315

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a editora para resenha.

Comprar: Submarino | Livraria Saraiva

Sinopse: Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra. Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton. O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.

Débora Costa
08 de junho de 2017 08/06/2017 3 Comentários

Precisamos falar sobre Sarah MacLean

Débora Costa
05 de junho de 2017 05/06/2017 4 Comentários

Precisamos falar sobre Sarah MacLean

Mais um mês se passou e, novamente, eu li romances de época. Eu sei, eu preciso urgentemente variar as minhas leituras, mas em minha defesa, é impossível resistir a todos esses duques e marqueses maravilhosos que autoras como Julia Quinn, Tessa Dare e Sarah MacLean criam para nós. Ainda mais quando as heroínas dessas histórias são inspiradoras, corajosas e não tem medo de se arriscar para conseguir o que querem.

A verdade é que romances de época não são apenas sobre o romance em si. Eu já falei isso em um outro post meu aqui no blog, mas sempre vale a pena repetir. Se você nunca leu um romance de época, você não sabe as aventuras maravilhosas que pode estar perdendo, sério! Por isso, no Round Up desde mês, eu vou compartilhar com vocês sobre as minhas leituras de Sarah MacLean, a minha mais nova rainha dos romances de época. E, acreditem, vocês vão ver muito dela por aqui.


Resenhas

Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter por Sarah MacLean

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Arqueiro
Ano de Publicação:
2º livro da série Os Números do Amor
Número de Páginas:
Código ISBN: 9788580415292

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a Editora para resenha.

Comprar: | Livraria Saraiva | Amazon

Sinopse: Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família. Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou. Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade. Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.

Débora Costa
03 de junho de 2017 03/06/2017 10 Comentários

Resenhas

Entre a Ruína e a Paixão por Sarah MacLean

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Gutenberg
Ano de Publicação: 2016
3º livro da série O Clube dos Canalhas
Número de Páginas: 304
Código ISBN: 9788582353424

Comprar: Submarino | Livraria Cultura | Amazon

Sinopse: Uma noiva desaparecida na véspera de seu casamento. Um poderoso duque acusado de assassinato. Uma noite que mudou duas vidas para sempre. Temple viu seu mundo desmoronar quando acordou completamente nu e desmemoriado em uma cama repleta de sangue. Destituído de seu título e acusado de assassinato, o jovem duque foi banido da sociedade. Doze anos depois, recuperado em sua fortuna e seu poder como um dos sócios do cassino mais famoso de Londres, sua redenção surge quando a única pessoa que poderia provar sua inocência ressurge do mundo dos mortos. Após doze anos desaparecida, Mara Lowe se vê obrigada a reaparecer quando seu irmão perde toda a fortuna da família nas mesas do cassino do homem cuja vida ela arruinou. Temple quer provar a todos que é inocente e, sobretudo, se vingar e destruir a vida daquela mulher, enquanto Mara precisa enfrentar o passado para recuperar seu dinheiro. Assim, os dois formam um acordo obsceno que os une em um jogo de poder e sedução. Mas ambos descobrem que a realidade esconde muito mais do que as aparências revelam e eles se veem em uma encruzilhada na qual precisam escolher entre lavar a honra do passado e garantir o futuro ou ceder ao desejo de se entregarem de vez à irresistível atração que sentem um pelo outro, mas que pode arruiná-los para sempre.

Débora Costa
15 de maio de 2017 15/05/2017 8 Comentários

Porque as heroínas de romances de época são tão importantes?

Débora Costa
13 de abril de 2017 13/04/2017 7 Comentários

Porque as heroínas de romances de época são tão importantes?

Sempre que eu vou falar sobre algum romance de época, eu tenho que começar com “eu simplesmente amo romances de época”, e já que vamos falar de um assunto um tanto quanto importante, acho que repetir essa afirmação é mais do que fundamental para que vocês possam entender o que eu estou querendo fazer aqui. Bem, eu já estive do outro lado. Eu já fui uma das pessoas que teve muito receio de dar uma chance a um romance de época. Eu já critiquei sem ler e já criei vários pontos negativos para o gênero sem nem mesmo experimentar. Até que eu li O Duque e Eu, e as coisas mudaram desde então.

O pronto forte dos romances de época, como todo mundo sabe, são as suas heroínas. Cada uma delas tem uma característica própria de pensar, uma vontade a ser realizada e um pensamento muito à frente do seu tempo. Suas representações variam desde a mocinha inocente em busca do cavalheiro perfeito, até mesmo a moça mais difícil que se recusa a casar por menos do que o amor da sua vida. Apesar de parecer muito água com açúcar, as heroínas de romances de época são muito importantes para que possamos entender os conflitos sofridos pelas mulheres daquela época e como essas moças com “pensamentos diferentes” são importantes para entendermos como a nossa sociedade chegou aonde está hoje.


Resenhas

Codinome Lady V por Lorraine Heath

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Gutenberg
Ano de Publicação: 2017
1º livro da série Os Sedutores de Havisham
Número de Páginas: 256
Código ISBN: 9788582354193

Comprar: | Livraria Saraiva | Amazon

Sinopse: Cansada de rejeitar pretendentes interessados apenas em seu dote escandalosamente vultoso, Minerva Dodger decide que é melhor ser uma solteirona do que se tornar a esposa de alguém que só quer seu dinheiro. No entanto, ela não está disposta a morrer sem conhecer os prazeres de uma noite de núpcias e, assim, decide ir ao Clube Nightingale, um misterioso lugar que permite que as mulheres tenham um amante sem manchar sua reputação. Protegida por uma máscara e pelo codinome Lady V, Minerva mal consegue acreditar que despertou o desejo de um dos mais cobiçados cavalheiros da sociedade londrina, o Duque de Ashebury. E acredita menos ainda quando ele começa a cortejá-la fora do clube. Por mais que ele seja tudo o que ela sempre sonhou, Minerva não pode correr o risco de ele descobrir sua identidade, e não vai tolerar outro caçador de fortunas. Depois de uma noite de amor com Lady V, Ashe não consegue tirar da cabeça aquela mulher de máscara branca, belas pernas e língua afiada. Mesmo sem saber quem ela é, o duque nunca tinha ficado tão fascinado por nenhuma outra mulher antes. Mas agora, à beira da falência, ele precisa arranjar muito dinheiro, e rápido. Sua única saída é se casar com alguma jovem que tenha um belo dote, e sua aposta mais certeira é a Srta. Dodger, a megera solteirona que tem fama de espantar todos os seus pretendentes.

Débora Costa
06 de abril de 2017 06/04/2017 4 Comentários

Resenhas

A Noiva do Capitão por Tessa Dare

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Gutenberg
Ano de Publicação: 2017
3º livro da série Castles Ever After
Número de Páginas: 256
Código ISBN: 9788582354162

Comprar: Submarino | Livraria Cultura | Livraria Saraiva | Amazon

Sinopse: Madeline possui muitas habilidades preciosas: é uma excelente desenhista, escreve cartas como ninguém e tem uma criatividade fora do comum. Mas se tem algo em que ela nunca consegue obter sucesso, por mais que tente, é em se sentir confortável quando está cercada por muitas pessoas… Chega a lhe faltar o ar! Um baile para ser apresentada à Sociedade é o sonho de muitas garotas em idade para casar, mas é o pesadelo de Maddie. E, para escapar dessa obrigação, a jovem cria um suposto noivo: um capitão escocês. Ela coloca todo o seu amor em cartas destinadas ao querido – e imaginário – Capitão Logan MacKenzie e convence toda a sua família de que estão profunda e verdadeiramente apaixonados. Maddie só não imaginava que o Capitão “MacFajuto” iria aparecer à sua porta, mais lindo do que ela descrevia em suas cartas apaixonadas e pronto para cobrar tudo o que ela lhe prometeu.

Débora Costa
26 de março de 2017 26/03/2017 11 Comentários

Débora Costa

Débora Costa

Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de Steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

O que eu estou lendo?

The Beauty of Darkness
Mary E. Pearson

Compre com desconto

@laoliphantblog


Colaboradores

Vinicius Fagundes

ver todos os artigos »

Beatriz Kollenz

ver todos os artigos »

Editoras Parceiras

Assine nossa Newsletter

Últimos Vídeos