La Oliphant

La Oliphant

Tudo sobre: Companhia das Letras

O grande vencedor do Nobel, Kazuo Ishiguro

11 de outubro de 2017 11/10/2017 3 Comentários

O grande vencedor do Nobel, Kazuo Ishiguro

Todo ano acompanho com expectativa o anúncio do Nobel de Literatura, cada ano que passa minha torcida pelo escritor japonês Haruki Murakami aumenta, nesse ano não foi diferente. Fiquei ligada nas redes sociais e quão grande não foi minha surpresa quando anunciaram um dos meus autores favoritos como o grande vencedor de 2017. Ninguém esperava que o ganhador fosse o Kazuo, nem eu nem os apostadores de Estolcomo.

Kazuo Ishiguro nasceu em Nagasaki em 1954 e se mudou para a Inglaterra aos seis anos de idade. Toda sua obra foi escrita e publicada em língua inglesa, seu prêmio foi como escritor britânico, sendo assim mínimas as influencias de sua origem nipônica. Kazuo também sempre foi apaixonado por música, na adolescência tentou seguir a carreira de músico e sem sucesso acabou decidindo migrar para a literatura. O mundo da música é um forte integrante da sua antologia de contos Noturnos, as histórias rodam a Europa seguindo diversos artistas e suas vidas boemias.


Nossas Noites é um presente deixado por Kent Haruf

Débora Costa
05 de setembro de 2017 05/09/2017 0 Comentários

Nossas Noites é um presente deixado por Kent Haruf

Quando fiz a leitura de Nossas Noites, um livro completamente fora da minha zona de conforto, eu fiquei completamente surpresa com o enredo criado por Kent Haruf. Nossas Noites não apenas um romance, mas uma carta de amor para todos aqueles que já envelheceram e todos aqueles que ainda vão envelhecer. Um enredo simples, poético, capaz de envolver o leitor da primeira até a última linha.

Pensando nisso, o blog resolveu traduzir uma entrevista com a esposa de Kent contando um pouco sobre o processo de escrita de Nossas Noites e o que significou para o autor conseguir terminar esse último trabalho.


Dinah Jefferies comenta a inspiração por trás de O Perfume da Folha de Chá

Débora Costa
01 de setembro de 2017 01/09/2017 0 Comentários

Dinah Jefferies comenta a inspiração por trás de O Perfume da Folha de Chá

Nesta entrevista feira pelo blog Book Browse, Dinah Jeffries discute O Perfume da Folha de Chá, e como suas experiências pessoais – crescendo na Malásia, vivendo em muitas partes do mundo – inspiraram e efetuaram sua escrita.

O Perfume da Folha de Chá é o segundo livro da autora Dinah Jefferies e foi publicado no Brasil em 2017 pela editora Paralela. O Romance se passa entre as décadas de 20 e 30 no Ceilão e narra à vida de Gwendolyn, uma jovem de 19 anos que se casa com um dono de uma fazenda de chá. Antes de começar a minha resenha, preciso deixar bem claro que não gostei nenhum um pouco do livro. Pretendo ser o mais parcial o possível, pois impressões de leitura são diferentes e, no geral, vi muitas avaliações boas deste livro.


Débora Costa

Débora Costa

Geminiana. Escritora de romances nas horas vagas, mas viciada em séries no dia a dia. Publicitária hiperativa de 9h às 18h. Tem Oasis em todas as suas trilhas sonoras literárias. Prefere o Goodreads ao Skoob. A maluca dos romances de época que ainda vai escrever um livro sobre viagem no tempo.

O que eu estou lendo?

O Príncipe Corvo
Elizabeth Hoyt

@laoliphantblog

Colaboradores

Vinicius Fagundes

ver todos os artigos »

Beatriz Kollenz

ver todos os artigos »

Paac Rodrigues

ver todos os artigos »

Editoras Parceiras

Compre com desconto

Assine nossa Newsletter

Últimos Vídeos