Posts arquivados em: Tag: Cassandra Clare

Resenhas 05fev • 2018

Senhor das Sombras, por Cassandra Clare

É praticamente impossível falar dos livros mais novos da Cassandra Clare sem entregar nenhum spoiler dos outros livros dela. Afinal de contas, Senhor das Sombras é o décimo primeiro livro dentro do universo dos Caçadores de Sombras (sem contar com os 2 livros de contos e o Códex dos Caçadores de Sombras, é muito livro, gente), então se você não quer saber detalhes dos outros livros da série, talvez seja melhor parar de ler essa resenha por aqui. Mas se você já é veterano no universo dos livros da Cassandra Clare, ou se não liga para spoilers, fico muito feliz em te contar exatamente porque Senhor das Sombras manteve o nível que Dama da Meia Noite estabeleceu.

Senhor das Sombras continua a história de Emma Carstairs, Julian Blackthorn e os outros moradores do Instituto de Los Angeles. Emma e Julian precisam lidar com o fato de que os sentimentos que tem um pelo outro não são apenas proibidos, mas também podem levar a destruição dos dois. A única solução para este problema é o Volume Negro dos Mortos, um livro de magia negra de terrível poder cujo paradeiro é desconhecido. Além disso, a relação entre Nefilins e membro do submundo se torna cada vez mais tensa, surge um grupo de Caçadores de Sombras movidos pelo ódio contra qualquer um que viole os Acordos.

Eu sou fã assumido dos livros da Cassandra Clare, e essa trilogia só está confirmando as opiniões que eu já tinha sobre as histórias dela. A vantagem que esses livros tem é que se você já leu todos os outros livros da série (e eu li), você já conhece muita coisa sobre o universo e os elementos dele. Então a autora não precisa gastar muito tempo explicando como o mundo funciona e pode se concentrar bem mais no desenvolvimento dos personagens e na exploração dos relacionamentos entre eles, além de se aprofundar mais em aspectos políticos e sociais do mundo dos Nefilim. Leia mais

Resenhas 10set • 2017

Contos da Academia dos Caçadores de Sombras, por Cassandra Clare

ATENÇÃO: ESSA RESENHA PODE CONTER SPOILERS DOS LIVROS DAS CRÔNICAS DOS CAÇADORES DE SOMBRAS

É engraçado quando você não percebe o quanto gosta de uma série até que você pega um dos livros da série e começa a ler. Eu tenho praticamente todos os livros das Crônicas dos Caçadores de Sombras (exceto o Códex), então Contos da Academia dos Caçadores de Sombras era um leitura que eu queria fazer, mas não tinha nenhuma expectativa de me surpreender com a história. E foi exatamente isso que eu consegui.

Contos da Academia dos Caçadores de Sombras segue Simon Lewis, o mundano que virou vampiro, e depois virou mundano de novo. Após perder a memória em Cidade do Fogo Celestial, Simon vai para a Academia dos Caçadores de Sombras, onde vai passar pelo treinamento para Ascender, ou seja, beber do Cálice Mortal e se tornar um Caçador de Sombras, o que lhe devolveria suas memórias. Enquanto passa pelo seu treinamento, Simon aprende várias histórias sobre Caçadores de Sombras que viveram e lutaram antes dele.

Contos da Academia dos Caçadores de Sombras é um livro meio complicado de resenhar porque ele faz parte de uma série que consiste de vários outros livros. Então alem de sempre correr o risco de entregar algum spoiler, a gente encontra o problema de que pra chegar nesse livro, você teria que passar por todos os outros dez livros que fazem parte das Crônicas dos Caçadores de Sombras. E esse é o maior problema do livro, o fato de que se você está afim de ler ele, você provavelmente já é fã da série. Se não é fã da série e quer ler o livro mesmo assim, ou vai ter preguiça de ler os outros livros, ou vai pular pra esse e não vai entender nada da história. É um livro que realmente só funciona pra quem já é fã do mundo que a Cassandra Clare criou.

Por outro lado, pra quem já é fã das Crônicas dos Caçadores de Sombras, o livro é um prato cheio. Os contos são escritos pela Cassandra Clare em parceria com algumas de suas amigas autoras: Sarah Rees Brennan, Maureen Johnson e Robin Wasserman. A única que eu já conhecia é a Maureen Johnson, mas se os livros da Sarah Rees Brennan e da Robin Wasserman forem tão legais quanto os contos dessa coletânea, eu já vou estar incluindo os trabalhos delas na minha lista de leitura. Todos os contos são bastante divertidos, eu não consigo apontar nenhum como sendo ruim.

Cada um dos contos nos mostra a história de um Caçador de Sombras, em vários pontos da história desse universo. O legal desse formato é que temos a participação de personagens de diversos dos livros que fazem parte das Crônicas dos Caçadores de Sombras. Não só vemos Simon, Clary, Isabelle e o resto dos personagens da série Os Instrumentos Mortais, como temos aparições de Will, Tessa e Jem da trilogia As Peças Infernais, e vemos Emma e Julian da atual série Os Artifícios das Trevas. Temos até as aparições de personagens que serão importantes em futuras séries das Crônicas, como os futuros protagonistas da trilogia The Last Hours. É praticamente o MCU da literatura YA.

O único problema que eu tive com o livro é que, por ele ser uma coletânea de contos que foram lançados separados, ele acaba se repetindo um pouco. Entre a publicação de um conto e outro, existe um espaço de tempo, então os contos acabam referenciando coisas que acontecem no conto passado, por exemplo. Mas quando você faz a leitura do livro, é como se o livro estivesse te lembrando de algo que aconteceu apenas a algumas páginas atrás. Mas isso realmente é uma queixa bem pequena, porque a leitura do livro foi divertida demais.

Contos da Academia dos Caçadores de Sombras realmente parece ser um presente para os fãs das Crônicas dos Caçadores de Sombras. Além de ser narrado por um dos personagens mais carismáticos da série, o livro é cheio de aparições de personagens de todas as outras séries que fazem parte da saga, e é cheio de cenas divertidas e até emocionantes. Assim como foi com As Crônicas Bane, esse livro foi uma coleção muito legal de pequenas histórias de um universo que eu já conheço bem e considero bastante.

Apesar de eu achar que vai ser difícil convencer alguém que não é fã da série a realmente mergulhar nesse universo (estou falando com você, Débora), Contos da Academia dos Caçadores de Sombras me lembrou de como eu gosto do universo da Cassandra Clare. É uma coletânea muito bem construída de dez contos que mostram o presente, o passado e dão um gosto do futuro do que ainda está por vir no mundo dos Caçadores de Sombras. É sem dúvida uma leitura obrigatória para os fãs da série.

GOSTOU DESSA RESENHA? ENTÃO SE INSCREVA NA NEWSLETTER DO BLOG PARA ACOMPANHAR O NOSSO CONTEÚDO!

Séries & TV 11out • 2016

Saiu o trailer da segunda temporada de Shadowhunters!

shadowhunters-trailer

O trailer da segunda temporada de Shadowhunters foi exibido no painel da série na New York Comic Con, e ele tá cheio de cenas inéditas! O trailer mostra toda a galera shadowhunter se preparando para uma guerra contra as forças de Valentine (Alan van Sprang). A ameaça iminente cria ainda mais tensão entre os Shadowhunters e promete vários momentos tensos nessa temporada.

Shadowhunters é baseada na série Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare, e conta a história de Clary Fray, uma jovem que descobre fazer parte de uma raça secreta de humanos com sangue angelical, dedicada a controlar e presidir sobre as criaturas do submundo. Os livros receberam uma adaptação para o cinema, que não fez tanto sucesso quando esperado. Logo depois, foi anunciada a adaptação para a TV.

https://www.youtube.com/watch?v=Y7B8iupdc6U

A primeira temporada de Shadowhunters está disponível na Netflix, e a segunda temporada, que começa em Janeiro, vai ser disponibilizada com episódios semanais, assim como a primeira. Nós fizemos uma review da primeira temporada no nosso canal no YouTube, pra quem quiser relembrar a história a tempo do início da nova temporada. Estamos loucos pra continuar acompanhando, e vocês?

 

Séries & TV 22jul • 2016

Review 1° Temporada de Shadowhunters

Miniatura_BLOG_SHADOWHUNTERS

Demorou? Demorou. Mas finalmente chegou o primeiro hangout oficial do La Oliphant. Fazia um tempo que estávamos estudando como fazer esse bate papo, mas ainda não tínhamos ideia do que falar ou como fazer isso até a Freeform resolver lançar os episódios da primeira temporada de Shadowhunters. Apaixonados que somos pela série da Cassandra Clare, não poderíamos simplesmente ficar de fora dessa brincadeira e não comentar o que achamos dos episódios, não é mesmo?

Primeiro de tudo, eu e Vinicius gostaríamos de deixar claro que essa é a nossa opinião sobre a série. Se você gostou muito do show e não se incomodou com as mudanças, tudo bem, vamos continuar nos amando da mesma forma, mas sempre respeitando o coleguinha, não é mesmo? E antes de começar, vamos falar de algumas informações: Shadowhunters teve treze episódios lançados na sua primeira temporada e você pode assisti-los no Netflix. Certo? Então vamos lá.

Notícias 03jun • 2016

Cassandra Clare escreverá trilogia sobre Magnus Bane

Nada como começar o mês com notícias maravilhosas para deixar a nova vida mais alegre, não é mesmo? Neste Daily Book Rundown eu resolvi separar algumas notícias que realmente deixaram alguns fãs com o coração na mão, começando com a mais nova trilogia da autora Cassandra Clare, que recentemente teve seu livro Dama da Meia-Noite, o primeiro livro da série “Os Artifícios das Trevas” lançado no Brasil pela Galera Record.

Magnus Bane será protagonista de nova trilogia da autora Cassandra Clare

Magnus Bane

Está realmente acontecendo, pessoal! Cassandra Clare, autora da famosa série Os Instrumentos Mortais, anunciou a publicação de uma série adulta que terá como protagonista ninguém menos do que Magnus Bane.

A série será composta por 3 livros, além de ser co-escrita por Wesley Chu, conhecido por seu livro “The Lives of Tao”. O primeiro livro da trilogia está programado para ser lançado em Novembro de 2017, pelo selo Saga Press da editora Simon & Schuster.

Confira o anuncio feito através da Entertainment Weekly:

“Ao longo dos anos escrevendo os livros sobre os Caçadores de Sombras, Magnus Bane tem se tornado como um dos personagens mais divertidos e fascinantes para eu trazer à vida”, Clare disse em um comunicado. “Ele sempre teve um monte de segredos – há tantas coisas que não sabemos sobre Magnus, desde a história de seu primeiro amor até os segredos de seu parentesco, e o início do seu relacionamento com Alec. Todas essas são coisas eu poderia ter mostrado em “As Crônicas de Bane”, mas estou animada para cavar ainda mais profundamente nestes três volumes dedicados a Magnus, seu passado, seu futuro e seu presente.”

Maze Runner voltará aos cinemas em 2018

Magnus Bane

Maze Runner: A Cura Mortal chegará 12 de janeiro de 2018 nos cinemas. Quase ano depois de sua data original, que seria 17 de fevereiro de 2017. Embora possa parecer muito tempo, Dylan terá tempo de sobra para se recuperar e se dedicar aos seus outros projetos, como Teen Wolf e até a adaptação do livro American Assassin.

Curiosamente, o filme não será dividido em duas partes, indo, portanto, na contramão de franquias juvenis de sucesso como ‘Harry Potter’, ‘Jogos Vorazes e ‘Saga Crepúsculo’.

A Cura Mortal’ é o último livro da trilogia literária de James Dashner, mas não o último da saga, que ainda gerou os prelúdios ‘The Kill Order’ e ‘The Fever Code’ (previsto para sair em 2016). Então é possível que a franquia cinematográfica não acabe com ‘Maze Runner 3’.

Fonte de Informação: Livros & Citações, Burn Book, CinePop

Resenhas 25maio • 2016

Dama da Meia-Noite, por Cassandra Clare

Dama da Meia-Noite é uma fantasia urbana, escrita pela autora Cassandra Clare, publicada no Brasil em 2016, pela Galera Record. O livro é o primeiro da série Os Artifícios das Trevas, trilogia que faz parte do universo das Crônicas dos Caçadores de Sombras, criado por Cassandra Clare, que também inclui as séries Os Intrumentos Mortais e As Peças Infernais, todos lançados no Brasil pela Galera Record.

O livro tem como protagonista Emma Carstairs, uma Nephilim (humanos com sangue de anjo)  que apareceu pela primeira vez em Cidade do Fogo Celestial, último livro da série Os Instrumentos Mortais, onde Emma perdeu os pais durante os eventos da guerra entre Sebastian Morgenstern e a Clave. Agora com 17 anos, Emma vive no Instituto de Los Angeles com seu melhor amigo Julian Blackthorn. Emma e Julia não são apenas amigos, são também parabatai, guerreiros Caçadores de Sombras que juram lutarem juntos até a morte.

Após a morte de seus pais, Emma descobre que a investigação do assassinato deles revela que eles morreram sobre circunstancias misteriosas, e decide investigar o caso sozinha. Anos depois, uma série de assassinatos, com características parecidas com as do assassinato de seus pais, parece apontar que Sebastian Morgenstern não foi o responsável pela morte deles.

damadameianoite-1

Se essa descrição rápida que eu fiz pareceu um pouco confusa, é porque ela é mesmo. O mundo criado por Cassandra Clare é muuuuito complexo, cheio de detalhes complicados, e levaria muito tempo pra conseguir explicar tudo. Acredite, você não teriam paciência. Afinal, são nove livros lançados antes desse, é coisa pra caramba. Sem contar as duas coletâneas de contos, As Crônicas de BaneContos da Academia dos Caçadores de Sombras (que eu quero muito ler).

Mas se você já conhece todo o backstory, esse é provavelmente o melhor livro da Cassandra Clare até agora. Diferente das outras duas protagonistas, Clary e Tessa, Emma já é parte do mundo dos Caçadores de Sombras, então a autora pode passar menos tempo apresentando esse mundo para o leitor, e mais tempo desenvolvendo os personagens, que são todos ótimos, principalmente o relacionamento entre Emma e Julian.

O livro também faz um ótimo trabalho em explorar o quão bagunçando e corrupto o governo dos Caçadores de Sombra realmente é. A autora já havia tocado no assunto nos outros livros, mas nesse fica bastante evidente o quanto a Clave é injusta, e isso é um dos principais elementos da história. Isso fica muito claro quando se trata do personagem Mark, irmão mais velho de Julian que, anos antes da história do livro, é forçado a viver com o povo das fadas por ser fruto da relação entre uma fada e um Nephilim.

damadameianoite-2

Dama da Meia-Noite é um livro difícil de comentar, porque, como eu já falei, pra chegar nele, você já teria que ter passado por muita história. Quem já acompanha esse universo já conhece bem os personagens, o mundo e a escrita da Cassandra Clare, então eu fico sem ter muito o que acrescentar. Ou você já gosta do estilo dela, ou não gosta, ou quem sabe não conheça ainda. Nesse último caso, seria melhor começar pelo começo, com Cidades dos Ossos, não é?

Mas pros que já são familiarizados com o mundo dos Caçadores de Sombra, Dama da Meia-Noite é, sem dúvida, o melhor volume da série até agora. Eu já tinha como opinião que a Cassandra Clare melhora com cada série que ela escreve, e esse livro só confirmou essa teoria. E isso só me deixa ainda mais animado pra ver as futuras séries que ela já anunciou estar escrevendo, The Last Hours e The Wicked Powers.

damadameianoite-3

No geral, Dama da Meia-Noite é o ponto alto das Cronicas dos Caçadores de Sombras. Quem já é fã da série, com certeza vai amar o livro. Quem ainda não é, sugiro bastante paciência e muito animo pra ler os outros trocentos livros da saga, porque realmente vale a pena.

 

 

Siga o @laoliphantblogInstagram