La Oliphant

La Oliphant

Doramas

Vamos falar sobre Doramas?

Paac Rodrigues
23 de fevereiro de 2017 23/02/2017 1 Comentário

Heey como vão nerds?

Não sei se muitos sabem e creio que não, mas sou viciada em Doramas desde 2015, quando uma amiga resolveu ferrar comigo e me apresentar esse vicio. Mas vamos lá, o que são doramas? São como novelas curtas transmitidas normalmente pela TV e muito comuns pros asiáticos.

dorama

Cada nação ali do oriente tem o seus doramas. O dramas Coreanos são chamados de K-Dramas que são o que eu gosto e amo loucamente de assistir, mas existem também os J-Dramas (Dramas japoneses), C-Dramas (Dramas Chineses) e os TW-Dramas (Dramas Tailandeses), esses são os mais comuns e conhecidos.

Eu inicie esse meu vicio de dorameira pelos K-dramas e são os únicos que assisto porque gente, impossível não se apaixonar por aqueles bofes haha. Normalmente os dramas tratam de vários assuntos e existem de diversos gêneros. Normalmente são todos fofos e meigos, com personagens e casais que te fazem se apaixonar, porém eles tem o dom de FERRAR COM SEU EMOCIONAL!

Normalmente eles são curtinhos no quesito episódios, variando entre 16 e 20 episódios normalmente, PORÉM, porque sempre tem o, porém né? Haha, eles são longos com cerca de uma hora CADA. Eu sei é meio longuinho mas calma que você se entretém tanto que quando acaba fica chocada e ansiosa pro próximo. É tanto personagem fofo, tanta treta e reviravolta que você nem vê o tempo passar e quando nota são cinco horas da madrugada. Eu sou iniciante nesse negócio de doramas, mas o nível de vicio é tão ultra hard que se parar pra analisar já sou quase expert.

Os personagens dos doramas diferente do que vemos nas novelas daqui são na minha opinião, melhores construídos, é difícil você prever o que o vilão vai fazer, e isso é maravilhoso, mas infelizmente você ainda passa raiva com a mocinha bobinha que parece uma jumenta que não raciocina sobre as consequências do que faz, mas okey, aceitamos porque aprendemos a ama-la e não conseguimos largar. Tudo neles e com eles é intenso demais e complicado demais, e cada cena pode ser um tiro na sua cara, e ou você se desmancha em lágrimas ou fica fula da vida e quer socar alguém e normalmente esse alguém não é o vilão.

Sempre dizem que a música é a alma do negócio e nos doramas elas são 70% de tudo que você sente e como você sente, então acreditem, é raro você não terminar um dorama e não ir atrás da OST dele, porque olha, é muita música boa, fofa, maravilhosa. Elas influenciam demais nos nossos sentimentos, se você começar uma cena triste e vier uma musiquinha corra, porque você vai secar de tanto chorar. Maaas nem tudo são flores, porque na cultura de muitos países asiáticos a coisa com a sexualidade flui diferente daqui então não espere beijões ou cenas bem mais hots porque você pode se decepcionar…um pouquinho. Mas acreditem em mim, eles te pegam de jeito, você vicia e pra largar só na base da greve ou da viagem pra um local sem internet, porque sem isso fica impossível fugir desse vicio.

Vocês já conheciam os doramas? Já tinha ouvido falar? Se tiver curioso fuça lá na netflix, tem vários, e pra inicio indico Boys Over Flowers e Descendants Of the Sun (esse ainda não assisti mas é amado demais pelas dorameiras de plantão. Não tem netflix? Calma que resolvo seu problema, clique aqui e usufrua do K-drama Oh My Venus, um dos melhores que já vi na vida e Cinderella and four Knights, um dos melhores que assisti em 2016, mas claro que a outros bons lá, só pra começar com seu vicio. Se quiserem saber mais comentem aqui que eu amarei responder e dar dicas \o/

Paac Rodrigues

Taurina, apaixonada por Harry Potter e fascinada por serial killers, sonha em ser professora desde criança, estudante de psicologia por acidente e mãe de uma cachorrinha chamada Neve por puro amor.

ver todos os artigos »



Deixe seu Comentário


Débora Costa

Débora Costa

Geminiana. Escritora de romances nas horas vagas, mas viciada em séries no dia a dia. Publicitária hiperativa de 9h às 18h. Tem Oasis em todas as suas trilhas sonoras literárias. Prefere o Goodreads ao Skoob. A maluca dos romances de época que ainda vai escrever um livro sobre viagem no tempo.

O que eu estou lendo?

O Príncipe Corvo
Elizabeth Hoyt

Compre com desconto

@laoliphantblog

Colaboradores

Vinicius Fagundes

ver todos os artigos »

Beatriz Kollenz

ver todos os artigos »

Paac Rodrigues

ver todos os artigos »

Editoras Parceiras

Assine nossa Newsletter

Últimos Vídeos