La Oliphant

La Oliphant

Resenhas

Romance Entre Rendas por Loretta Chase

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Arqueiro
Ano de Publicação: 2017
4º livro da série As Modistas
Número de Páginas: 320
Código ISBN: 9788580417630

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a editora para resenha.

Comprar: Livraria Cultura | Amazon |


Sinopse: Que lady Clara Fairfax é dona de uma beleza estonteante, Londres inteira já sabe. Mas a fila de pretendentes que bate à porta de sua casa com propostas de casamento já está irritando a jovem. Cansada de ser vista apenas como um ornamento, Clara decide afastar-se um pouco da alta sociedade e se dedicar à caridade. Um dia, numa visita a uma obra social, ela depara com uma garota em perigo e pede ajuda ao alto, sombrio e enervante advogado Oliver Radford. Radford sempre foi avesso à nobreza, mas, para sua surpresa, pode vir a se tornar o próximo duque de Malvern. Embora queira manter sua relação com Clara no campo estritamente profissional, aos poucos ele percebe que ela, além de linda, é inteligente, sensível e corajosa. E quando a perspectiva de casamento se aproxima, tudo o que Radford pode fazer é tentar não perder a cabeça por Clara. Será que a herdeira mais adorada da sociedade e o solteiro menos acessível de Londres serão vítimas de seus próprios desejos? Em Romance entre rendas, livro que encerra a série As Modistas, Loretta Chase nos brinda com uma história envolvente e cheia de paixão, com personagens fortes e marcantes.

Débora Costa
04 de novembro de 2017 04/11/2017 0 Comentários

Quando eu li o primeiro livro da série As Modistas, lady Clara Fairfax era apenas uma garota mimada que havia sido prometida a um duque. Confesso que durante os três livros da série, achei que Clara não fosse ser muito mais do que isso. Mas Loretta Chase tem essa escrita maravilhosa que vem para nos surpreender e provar que mesmo sendo criada para ser uma duquesa, lady Clara era muito mais do que um rosto bonito com um dente lascado. Pelo contrário, Clara provou em Romance Entre Rendas que ela pode até não ser uma Noirot de sangue, mas com certeza compartilha o mesmo espírito das costureiras que nós amamos tanto.

Depois de terminar de ler Romance entre Rendas, eu só posso dizer que o livro não era nada do que eu estava esperando – e digo isso da melhor forma possível. Loretta Chase tem uma escrita suave e envolvente. Ela criou um romance entre dois personagens que tem pontos de vista completamente diferentes sobre o mundo. De um lado nós temos um jovem advogado tentando ganhar o mundo e do outro lado nós temos uma dama, criada para ser a esposa de um duque, buscando desesperadamente ser mais do que apenas uma bela futura esposa. O conflito entre os dois resulta em um romance de tirar o fôlego, mas é claro que Chase não iria parar por aí.

Em Romance Entre Rendas nós temos o desfecho da série As Modistas com a personagem que deu início a tudo isso: lady Clara Fairfax. Se assim como eu, você acompanhou essa série desde começo, então você sabe que tudo o que nós não poderíamos esperar era que Clara fosse se apaixonar por alguém que não se encaixa nem um pouco dentro do seu mundo. Mas foi exatamente isso o que Chase nos deu. O fato dela ter explorado o lado humano de Clara me deixou cada vez mais apaixonada por esse livro. Foi muito interessante ver a personagem sair de dentro da sua zona de conforto e ir enfrentar o mundo como ele realmente é.

“A boca dele pressionou a dela e coisas estranhas aconteceram na cabeça de Clara, e se espalharam por seu corpo. Ela foi invadida por sensações que desconhecia, e todas as regras de como ser uma dama, descritas de modo específico num grande livro em seu cérebro, desapareceram.”

Apesar de ter uma história envolvente, o desenvolvimento do enredo me incomodou bastante do começo ao fim do livro. Não se enganem, a escrita de Loretta foi tão boa quanto nos três primeiros livros da série, mas confesso que em Romance Entre Rendas, eu senti os acontecimentos um pouco mais lentos do que nos livros anteriores. Em alguns pontos era como se a história não tivesse andando, embora eu tivesse certeza de estar avançando nos capítulos. Isso me deixou um pouco desanimada com o livro, mesmo os personagens e a história em si compensando por essa sensação passiva do livro.

De todos os heróis escandalosos desse livro, Corvo foi o que realmente roubou meu coração. Eu gosto do humor ácido que ele tem e do seu ego inflado. Ele é aquele tipo de herói que caminha com a certeza de que é o melhor no que faz e prova isso todos os dias, para quem ousar dizer o contrário. Além disso, ele é um herói que compreende muito mais do julga, que apoia e desafia a heroína do livro a todo momento. Eu gosto muito do fato de ele proteger Clara, mas não a trata como se ela fosse de cristal, pelo contrário, ele permite que ela explore a pessoa que ela quer ser.

“– A senhorita bateu o pé – assinalou ele – Como uma criança mimada.
– Eu sou uma criança mimada, seu sujeito insuportável. Só estou tentando ser menos mimada e mais útil para alguém.”

Eu amei a forma como a Loretta Chase desenvolveu a história da Clara, tirando aquela personalidade mimada que conhecemos no começo da série. Fiquei feliz que a autora tenha dado oportunidade para que a Clara pudesse crescer e mostrar que era muito mais do que a filha de um marquês e a irmã de um conde. Também gostei de poder vê-la de uma forma completamente nova, disposta a colocar a mão na massa e viver uma vida fora de tudo aquilo que ela já conheceu. Clara se provou uma heroína muito forte e que não tem medo de encarar desafios.

Romance Entre Rendas foi um livro muito mais surpreendente do que eu estava esperando. Apesar do enredo lento, Loretta conseguiu me surpreender com seus personagens e encerrar a série As Modistas com chave de ouro. Se você ainda não conhece essa série, mas está curioso para saber mais sobre o universo criado por Loretta Chase, confira a resenha de Sedução da Seda e Volúpia de Veludo.

Gostou da resenha? Então se inscreva na nossa newsletter para acompanhar os próximos conteúdos do blog!

Débora Costa

Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

ver todos os artigos »



Deixe seu Comentário


Débora Costa

Débora Costa

Geminiana. Escritora de romances nas horas vagas, mas viciada em séries no dia a dia. Publicitária hiperativa de 9h às 18h. Tem Oasis em todas as suas trilhas sonoras literárias. Prefere o Goodreads ao Skoob. A maluca dos romances de época que ainda vai escrever um livro sobre viagem no tempo.

O que eu estou lendo?

O Príncipe Corvo
Elizabeth Hoyt

@laoliphantblog

Colaboradores

Vinicius Fagundes

ver todos os artigos »

Beatriz Kollenz

ver todos os artigos »

Paac Rodrigues

ver todos os artigos »

Editoras Parceiras

Compre com desconto

Assine nossa Newsletter

Últimos Vídeos