La Oliphant

La Oliphant

Resenhas

Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir por Sarah MacLean

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Arqueiro
Ano de Publicação: 2017
3º livro da série Os Números do Amor
Número de Páginas: 336
Código ISBN: 9788580415315

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a editora para resenha.

Comprar: Submarino | Livraria Saraiva |


Sinopse: Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra. Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton. O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.

Débora Costa
08 de junho de 2017 08/06/2017 3 Comentários

É com tristeza no coração que eu venho dizer que cheguei no último livro da série Os Números do Amor e, apesar de Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir ter sido uma das minhas melhores experiências literárias com romances de época que eu já tive, o livro terminou com a aquela sensação de quero mais. Quero mais desses personagens, quero mais da Sarah MacLean. Se você ainda não está convencido de que Sarah é a melhor autora para você começar a conhecer esse gênero, então é possível dizer que o mundo está realmente perdido.

Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir vai contar, finalmente, a história da Juliana Fiori, personagem que conhecemos no primeiro livro dessa série. Juliana é italiana e recentemente descobriu que é meia irmã do Marquês de Raslton e seu irmão gêmeo, Nicholas St. John. Mas Juliana não foi criada como uma aristocrata, ela é apenas a filha de um comerciante e de uma mãe com o histórico de abandonar seus filhos. Por isso, quando apresentada a sociedade britânica, sua presença não é muito bem aceita, e os escândalos causados por ela e sua personalidade ousada e impulsiva, não ajudam muito a sua causa.

Uma das pessoas mais resistentes a presença de Juliana é Simon Pearson, também conhecido como duque de Leighton. Simon é de uma família impecável e sem escândalos e, para ele, a presença de Juliana na sociedade é simplesmente uma afronta aos bons costumes. Porém, nem mesmo ele poderia resistir aos encantos da jovem italiana. A pedido de seu amigo, o Marquês de Raslton, Simon acaba tomando para si a responsabilidade de manter os olhos em Juliana, garantindo que ela não se envolva em mais escândalos. Porém, quanto mais próximo ele fica da jovem, mais difícil é negar a tração que existe entre eles.

Eu não sei nem por onde eu começo a dizer o quão maravilhoso é esse livro, sério! Quando eu achei que Sarah MacLean não conseguiria se superar com seus personagens, ela me cria Juliana e Simon, que são duas pessoas completamente diferentes, mas que juntas formam o melhor OTP que qualquer leitor poderia querer.  Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir tem um enredo bastante fora da caixa, onde é a nossa heroína que está disposta a tudo para conquistar o homem pelo qual está apaixonada. Ver Juliana flertar com Simon sem nenhum pudor foi a melhor cena de empoderamento feminino que eu poderia querer, afinal, porque eles podem e elas não, não é mesmo?!

Sarah MacLean criou um enredo onde os personagens não se limitam por causa das regras sociais. Eu gostei muito dela ter construído uma história para mostrar que nós mesmo somos responsáveis por aquilo não conseguimos e que, às vezes, não há mal nenhum em querer o que todo mundo diz que não deveríamos. Afinal, ninguém sabe o que é melhor para nós, do que nós mesmo. E Sarah mostra isso muito bem em Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir, com uma heroína que não se deixa levar pelas regras impostas a ela e por um herói que começa a se desprender das amarras da sociedade e entender a própria vida de uma forma completamente diferente.

Estou completamente apaixonada por Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir, de verdade. E eu sei que eu já li todo o tipo de enredo clichê de romances de época e que muitos deles sempre acabam da mesma forma. Mas a graça dos livros da Sarah MacLean é que, mesmo eu sabendo que tudo vai dar certo no final, eu não sei como exatamente isso vai acontecer. E esse é o trufo da Sarah. Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir é recheado de cenas inusitadas, reviravoltas inesperadas e diálogos apaixonantes capazes de fazer qualquer leitor ficar de quatro por esse livro.

Juliana e Simon são um casal poderoso quando estão juntos. Vindos de mundos completamente diferentes, eles encontraram um no outro uma forma de se completarem. Eles não precisam um do outro, mas eles querem um ao outro. E a forma como eles encontram para superar as diferenças e viver o sentimento que existe entre eles é simplesmente maravilhoso. Sarah MacLean realmente conseguiu se superar construindo esse romance, principalmente por que o leitor consegue sentir o quão real é o sentimento entre aqueles personagens.

Se você ainda não correu para colocar a série Os Números do Amor na estante, eu realmente não sei mais o que fazer com você. Sarah MacLean tem uma escrita surpreende, personagens apaixonantes e enredos que conseguem conquistar todo o tipo de leitor. Eu realmente fico me perguntando como é que eu pude demorar tanto tempo para dar uma chance a autora. Mal posso esperar que outras séries dela sejam lançadas no Brasil já que, oficialmente, ela se tornou uma das minhas autoras favoritas.

Gostou dessa resenha? Então não deixe de conferir outros livros da Sarah MacLean resenhados no blog!

Débora Costa

Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

ver todos os artigos »



Deixe seu Comentário


Débora Costa

Débora Costa

Geminiana. Escritora de romances nas horas vagas, mas viciada em séries no dia a dia. Publicitária hiperativa de 9h às 18h. Tem Oasis em todas as suas trilhas sonoras literárias. Prefere o Goodreads ao Skoob. A maluca dos romances de época que ainda vai escrever um livro sobre viagem no tempo.

O que eu estou lendo?

O Príncipe Corvo
Elizabeth Hoyt

Compre com desconto

@laoliphantblog

Colaboradores

Vinicius Fagundes

ver todos os artigos »

Beatriz Kollenz

ver todos os artigos »

Paac Rodrigues

ver todos os artigos »

Editoras Parceiras

Assine nossa Newsletter

Últimos Vídeos