La Oliphant

La Oliphant

Resenhas

Onde Fica o Para Sempre por Mayra Carvalho

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Drago Editorial
Ano de Publicação: 2016
Número de Páginas: 227
Código ISBN: 9788569030201

Obs: Este livro foi cedido em parceria com o autor para resenha.

Comprar:


Sinopse: Olívia vê sua vida se transformar quando seu grande amor, Daniel, morre em um trágico acidente de moto. Devastada pela perda e sentindo-se culpada por sua morte, em alguns momentos de introspecção, ela pensa ter visto o espírito de Daniel, mas rejeita essa possibilidade, responsabilizando por tais visões, sua mente perturbada. Mesmo com as forças extenuadas, ela segue os conselhos dos pais e das melhores amigas e vai para a faculdade de letras, com a qual tanto sonhou. Logo na primeira semana de aula, Olívia conhece Vinícius, um rapaz encantador, de olhos misteriosos, cor de jade e bronze. O jovem foi capaz de mexer com o coração da moça. Porém, Olívia parece estar destinada à infelicidade, pois quando acha que está conseguindo superar o trauma, descobre que suas visões não eram obras do seu subconsciente... Era, de fato, o fantasma de Daniel, surgindo, não para assombrá-la, mas para alertá-la de algo que, a princípio, parecia incompreensível e assustador. Daniel usa mensagens enigmáticas que, aos poucos, vão se tornando claras para ela. Mas uma delas, por mais clara que seja, parece tão alarmante quanto difícil de acreditar. Daniel pede para Olívia: "SALVE-A!" Mas salvar a quem? Dividida entre a razão e a emoção, entre um amor real e um fantasma, Olívia tem uma longa jornada a per

Débora Costa
12 de junho de 2017 12/06/2017 5 Comentários

Escolhi a leitura de Onde Fica o Para Sempre porque eu não consigo recusar um bom romance, ainda mais quando o mesmo vem com o combo de ser um nacional. Mas, a escrita da Mayra Carvalho me surpreendeu bastante e, apesar da história de Olívia ser realmente interessante de se ler e com uma carga emocional de arrancar lágrimas de qualquer um, o livro tem um enredo corrido, deixando a desejar em alguns pontos e fazendo com que o leitor se perca em alguns momentos.

Onde Fica o Para Sempre conta a história da Olívia, uma jovem que vê a sua vida se transformar completamente quando seu namorado – e também amor da sua vida – morre em um trágico acidente de moto. Mesmo se sentindo sem rumo, Olívia decide seguir com a sua vida e ir para a faculdade mesmo assim, como ela já havia planejado fazer com o seu namorado antes de tudo acontecer.

Logo na sua primeira semana de aula, ela conhece Vinícius, um cara que foi capaz de mexer com o coração dela mesmo ela ainda estando cheia de cicatrizes da perda do seu grande amor. Quando tudo parecia começar a melhorar, Olívia começa a ver o espirito de Daniel. Num primeiro momento, ela acredita ser fruto da sua imaginação, da saudade que sente do rapaz, porém, não demora muito até Olívia perceber que o fantasma é tão real quando ela mesma e que suas mensagens enigmáticas pedem que ela salve alguém, mas quem?!

A escrita da Mayra é carregada de carga emocional, não tem como negar. Do começo ao fim do livro o leitor se vê dentro de um looping de sentimentos que vão da mais profunda dor a mais sincera felicidade. O único problema é que isso não foi suficiente para fazer a história do livro caminhar e me prender na leitura. Apesar de uma escrita cuidadosa e sincera, a autora não conseguiu construir o enredo da forma que ele precisava. As informações eram jogadas na mesa sem cuidado, você não tinha aquela sensação de “será que é isso?” porque tudo estava sempre as claras. Não tinha aquele mistério, um gancho para que o próximo capítulo fosse mais instigante que o anterior.

Eu me senti completamente perdida lendo Onde Fica o Para Sempre, principalmente porque todas as informações e sentimentos eram me dadas de mão beijada, sem nenhum tipo de apoio para que eu realmente pudesse me convencer de que aquilo que a autora estava me passando era realmente real. Mesmo eu conseguindo entender os sentimentos da personagem, as coisas eram tão feitas “preto no branco” que eu não conseguira realmente sentir junto com ela. Olívia, pelo menos para mim, foi uma personagem vaga, distante. Eu sabia que ela estava sofrendo, mas ao longo do enredo, eu não conseguia sentir que ela realmente estava sofrendo. E essa sensação se seguiu durante todo o enredo.

Talvez seja porque o livro era curto ou, talvez, seja porque a autora não queria focar nos elementos secundários do livro, mas Onde Fica o Para Sempre é um livro que não tem muita estrutura.  A autora queria falar sobre uma menina em uma jornada de conhecimento e superação, mas ela não realmente mostrou nenhuma dessas coisas acontecendo. Nós começamos entendendo que Olívia perdeu “o grande amor da vida dela”, mas para alguém que teve uma perda tão grande, tão traumática e carregando toda a culpa que era dito que ela carregava, ela consegue seguir em frente com muita facilidade. Mesmo com as parições de Daniel e toda a carga emocional que isso trazia para o enredo, a personagem continua vivendo a vida dela normalmente, às vezes despreocupada demais, tendo até tempo para sentir ciúme do novo “crush”, Vinícius.

Isso me incomodou muito, principalmente porque o sentimento de luto, principalmente quando se trata de “um grande amor” é muito poderoso. Isso joga a pessoa para baixo a deixa incapacitada de realizar muitas coisas. Porém, no caso de Olívia, ela encara tudo com muito mais facilidade do que deveria, e mesmo quando a autora tenta inserir elementos para dar veracidade ao sofrimento dela, tudo soa muito forçado e não convence da forma que deveria. Em um minuto estava querendo ver Daniel desesperadamente, no outro ela queria curtir seus momentos com o Vinicius sem que ele aparecesse – eu realmente não conseguia entender qual era o estado emocional da personagem para me identificar com ela.

As aparições de Daniel foram um ponto que me incomodaram muito na história. Eu acho que faltou veracidade em todas as situações que ele aparecia, elementos que fizessem com que eu me arrepiasse ou que pelo menos conseguisse me conectar emocionalmente com as cenas. Além disso, os momentos de aparição do fantasma são aleatórios e não contribuem para que o enredo continue a se desenvolver da forma que deveria. Em vários pontos da leitura eu consegui sentir que a autora “travou” na história e inseriu uma aparição do fantasma, seja por sonho ou não, para que o enredo pudesse continuar de alguma forma.

Onde Fica o Para Sempre era para ser sobre a jornada de Olívia evoluindo com pessoa, mas não acho que ela chega a realmente evoluir no livro. Os comentários que ela faz sobre personagens secundárias e a forma como ela age em determinadas situações me fizeram muito questionar se ela realmente evoluiu ou se a autora simplesmente escreveu que ela evoluiu e nós, leitores, teríamos que aceitar isso e pronto. Em várias partes do livro eu achei que ela foi bastante imatura, pouco empática e muito, mas muito egoísta.

Em geral, a escrita da Mayra é muito boa.  Eu acho que ela consegue escolher bem as palavras e criar um enredo emocionante, mas ainda precisa trabalhar melhor a construção da história e dos seus personagens, principalmente porque não é apenas escrever que aconteceu, mas é fazer com que o leitor veja e sinta isso nas entrelinhas do livro, sem que seja preciso escrever. Ainda assim, se você gosta de um bom romance, acho que Onde Fica o Para Sempre pode ser uma leitura muito satisfatória.

Gostou da resenha?! Se inscreva na NEWSLETTER do blog para acompanhar o conteúdo do blog.

Débora Costa

Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

ver todos os artigos »



Deixe seu Comentário


Débora Costa

Débora Costa

Geminiana. Escritora de romances nas horas vagas, mas viciada em séries no dia a dia. Publicitária hiperativa de 9h às 18h. Tem Oasis em todas as suas trilhas sonoras literárias. Prefere o Goodreads ao Skoob. A maluca dos romances de época que ainda vai escrever um livro sobre viagem no tempo.

O que eu estou lendo?

O Príncipe Corvo
Elizabeth Hoyt

@laoliphantblog

Colaboradores

Vinicius Fagundes

ver todos os artigos »

Beatriz Kollenz

ver todos os artigos »

Paac Rodrigues

ver todos os artigos »

Editoras Parceiras

Compre com desconto

Assine nossa Newsletter

Últimos Vídeos