La Oliphant

La Oliphant

Resenhas

A Guerra Que Salvou A Minha Vida por Kimberly Brubaker Bradley

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: DarkSide Books
Ano de Publicação: 2017
Número de Páginas: 240
Código ISBN: 9788594540263

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a Editora para resenha.

Comprar: Submarino | Livraria Saraiva | Amazon |


Sinopse: Ada tem dez anos (ao menos é o que ela acha). A menina nunca saiu de casa, para não envergonhar a mãe na frente dos outros. Da janela, vê o irmão brincar, correr, pular – coisas que qualquer criança sabe fazer. Qualquer criança que não tenha nascido com um “pé torto” como o seu. Trancada num apartamento, Ada cuida da casa e do irmão sozinha, além de ter que escapar dos maus-tratos diários que sofre da mãe. Ainda bem que há uma guerra se aproximando. Os possíveis bombardeios de Hitler são a oportunidade perfeita para Ada e o caçula Jamie deixarem Londres e partirem para o interior, em busca de uma vida melhor.

Débora Costa
27 de abril de 2017 27/04/2017 20 Comentários

Eu só amo livros que se passam na segunda guerra mundial, simplesmente porque eu acho que é um dos períodos mais importantes da história da humanidade e também porque os autores sempre conseguem criar algo incrível em cima desse fato histórico. E A Guerra Que Salvou A Minha Vida foi exatamente a emoção que eu estava esperando quando a Darkside Books anunciou seu lançamento no Brasil. Com personagens inteligentes e um enredo de suar os olhos, A Guerra Que Salvou A Minha Vida conquistou meu coração de uma maneira que eu não estou sabendo lidar.

A Guerra Que Salvou A Minha Vida vai contar a história da Ada que é uma menina por volta dos dez anos que nasceu com o pé torto. Por conta dessa sua “deficiência”, ela acabou sempre recebendo muitos maus tratos da mãe, ficando presa dentro de casa para esconder “a sua vergonha das pessoas”. Quando a 2° Guerra Mundial começa e as crianças começam a ser evacuadas de Londres, Ada vê nisso uma oportunidade de fugir da sua realidade e, junto com seu irmão mais novo, os dois partem para uma aventura no interior da Inglaterra que, com toda a certeza, mudaria a vida de Ada para sempre.

Eu tive todo o tipo de emoção lendo esse livro. Primeiro eu me senti muito triste e preocupada, depois eu me senti aliviada, depois eu me senti preocupada de novo. Foi um misto de sensações tão intensas que dizer que A Guerra Que Salvou A Minha Vida é só uma leitura muito boa, não chega nem perto de definir o que realmente foi a experiencia de fazer a leitura dessa história. Kimberly Brubaker Bradley tem uma escrita simples, mas com uma intensidade que te envolve desde o primeiro capítulo. Eu não sei dizer exatamente em que momento eu me vi completamente presa a história, mas o fato é que eu simplesmente não consegui não me apaixonar perdidamente por esse livro.

O enredo é contado em primeira pessoa, no ponto de vista da Ada, e estar na cabeça dessa personagem durante toda a leitura só fez com que eu me apaixonasse ainda mais pela escrita da Kimberly Brubaker Bradley. Embora o livro tenha tido alguns pontos em que a leitura se tornou um pouco arrastada e até mesmo cansativa, os personagens te conquistam de uma forma inexplicável, e quando você menos espera, está tão completamente envolvido na história da Ada, que os pequenos detalhes do livro acabam se tornando irrelevantes no final da leitura.

Você também pode conferir a opinião da Yara sobre essa leitura!

Eu gostei muito de como a autora teve muito cuidado ao construir a história, tentando ser fiel aos acontecimentos da época e dando espaço para que os personagens secundários do livro conseguissem ter o seu espaço. Gostei muito de como os diálogos foram construídos, principalmente porque eles conseguiam passar a inocência das crianças e o temor perante a guerra que estava por vir. Bradley com certeza tem um talento para desenvolver personagens, não deixando pontas soltas e fazendo com que os elementos da história se encaixem perfeitamente no enredo.

A inocência da Ada foi o que mais me encantou no livro. Apesar de ela ser uma personagem forte, determinada a sobreviver, ela não perdeu a sua inocência de criança e isso fez com o que meu coração se aquecesse por ela. Era uma personagem que, a cada desafio eu sentia vontade de abraçar, de chorar junto com ela e de dizer que as coisas ficariam bem. Eu queria ser a Srta. Smith e cuidar dela e do irmão e fazer com que os medos e os receios fossem embora.

Vocês têm ideia do que é ter uma personagem principal que tem medo? Não medo do escuro como nós temos, mas medo de carinho, de toque, de atenção. E isso simplesmente porque ela não conhece esse tipo de sentimento? Ada é essa personagem, e talvez o fato de ela ter limitações e não conhecer as coisas boas do mundo faça com que a gente se apegue tanto a ela desde o começo do livro. É desesperador pensar que ela é uma criança e não conhece abraço, carinho e preocupação de alguém que quer o bem dela de forma sincera.

A Guerra Que Salvou A Minha Vida foi uma leitura que me destruiu por dentro ao mesmo tempo que me tocou de uma forma que nenhuma outra leitura havia me tocado até então. Ada é uma personagem especial, todos os personagens desse livro são especiais. A escrita da Kimberly Brubaker Bradley é especial por conseguir criar um enredo tão singelo e ao mesmo tempo tão maravilhoso de se ler. A Guerra Que Salvou A Minha Vida é um livro que com toda a certeza vale a pena ter na estante.

Participe do Sorteio em parceria com o Estante da Yara!

1. A promoção é válida ATÉ 08/05, tendo seus ganhadores anunciados na fanpage dos blogs;
2. Este sorteio é realizado através da plataforma Rafflecopter;
3. Em “Visit on Faceboo” é necessário curtir a página;
4. Para validar o prêmio o ganhador devera cumprir com todas as obrigatorias do Rafflecopter;
5. Ao fim da promoção será sorteado apenas 02 ganhadores para todos os prêmios cedidos neste sorteio;
6. A promoção é válida somente para quem tem endereço de entrega no Brasil;
7. O ganhador terá o prazo de 03 dias para responder ao e-mail que lhe será enviado. Caso não o faça, um novo ganhador será definido;
8. O envio do livro será feito pela Editora Darkside Books no prazo de 50 dias após o ganhador informar seu endereço;
9. O blog e a Editora não se responsabilizam por extravio ou atraso na entrega dos Correios. Assim como não se responsabilizam por entrega não efetuada por motivos de endereço incorreto, fornecido pelo próprio ganhador;

a Rafflecopter giveaway

Débora Costa

Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

ver todos os artigos »



Deixe seu Comentário


Débora Costa

Débora Costa

Geminiana. Escritora de romances nas horas vagas, mas viciada em séries no dia a dia. Publicitária hiperativa de 9h às 18h. Tem Oasis em todas as suas trilhas sonoras literárias. Prefere o Goodreads ao Skoob. A maluca dos romances de época que ainda vai escrever um livro sobre viagem no tempo.

O que eu estou lendo?

O Príncipe Corvo
Elizabeth Hoyt

@laoliphantblog

Colaboradores

Vinicius Fagundes

ver todos os artigos »

Beatriz Kollenz

ver todos os artigos »

Paac Rodrigues

ver todos os artigos »

Editoras Parceiras

Compre com desconto

Assine nossa Newsletter

Últimos Vídeos