Resenhas 08maio • 2017

A Fúria e a Aurorapor Renée Ahdieh

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Globo Alt
Ano de Publicação: 2016
1º livro da série A Fúria e a Aurora
Número de Páginas: 336
Código ISBN: 9788525060358

Comprar: SubmarinoLivraria SaraivaAmazon

Sinopse: Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado. Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga. Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.

A Fúria e a Aurora é mais um caso clássico de leituras que eu fiquei enrolando para ler e, depois que eu finalmente fiz a leitura, fiquei me perguntando porque eu demorei tanto para me aventurar nessa história maravilhosa. O livro é uma duologia baseada nos contos de As Mil e Uma Noites, mas ao contrário do que parece, a escrita de Renée Ahdieh tem vida própria e, com personagens encantadores e um enredo de tirar o fôlego, a fantasia de A Fúria e a Aurora te conquista desde o primeiro capítulo.

O rei de Khorasan, Khalid Ibn Al-Rashid, é considerado um monstro pelos seus súditos. Todo os dias o jovem rei desposa uma mulher diferente e, na manhã seguinte ao casamento, a jovem aparece morta, com um lenço de seda enrolado no pescoço. Uma de suas vítimas é Shiva, melhor amiga de Sherazade que, determinada a vingar a morte de sua melhor amiga, se oferece para ser a próxima noiva do rei.

Noite após noite, Sherazade encontra uma nova forma de seduzir Khalid com as suas histórias garantindo sua sobrevivência por mais uma aurora.  O problema é que quanto mais tempo a jovem passa na companhia do jovem rei, mais conhecimento ela toma sobre o seu coração atormentado e com isso, começa a se perguntar se será capaz de ignorar seu coração apaixonado e realizar sua vingança.

Eu sempre me preocupo com releituras porque eu nunca sei o quão longe o autor está disposto a ir para garantir que a sua história tenha aquele “algo mais”, e eu me surpreendi muito ao perceber que, apesar de A Fúria e a Aurora ter muito do conto original, Renée Ahdieh conseguiu colocar sua própria voz dentro do enredo, criando diálogos maravilhosos e desenvolvendo o enredo de forma que eu não conseguisse largar o livro até terminar a leitura.

A narrativa do livro é muito leve e flui muito bem ao longo dos capítulos. Renée não tem pressa para que a história caminhe e nos dá uma visão bastante ampla de todos os personagens envolvidos na história e, principalmente, do casal principal da trama. Eu gostei muito de ela tenha tomado bastante cuidado para explicar a cultura e a situação política do reino de Khorasan, facilitando para que a eu pudesse entender melhor o cenário em que a história estava acontecendo.

Gostei muito da forma que o enredo de As Mil e Uma Noites é trabalhado dentro de A Fúria e a Aurora. Apesar de ser uma releitura, toda a parte fantástica do livro é muito bem trabalhada – mesmo que não seja o ponto principal do livro. Eu amo quando eu pego uma história que consegue me envolver dentro do universo do livro a ponto de eu me sentir dentro dele, e A Fúria e a Aurora faz isso de uma forma muito incrível.

O romance entre Shazi e Khalid é o pronto principal do livro. Eu gosto muito de como a Shazi bate de frente com o rei e manipula todas as situações a seu favor. Mesmo tramando uma vingança baseada na saudade que sente da amiga, Shazi não é uma heroína precipitada, sempre pensando no seu próximo movimento e em como vai sobreviver mais um dia. E Khalid, uma vez que você consegue conhecer o personagem mais a fundo, é impossível não se apaixonar por ele.

Eu gostei muito de como os dois se encaixam bem como um casal. Mesmo determinada a se vingar, Shazi consegue enxergar nele bondade e um coração carregado de dor. É só então, quando ela entende tudo o que está por trás do “rei monstro” é que percebemos o quão real é o sentimento entre eles, e Renée Ahdieh consegue construir esse momento de uma forma muito linda e muito sutil dentro do enredo.

Me surpreendi muito com a leitura de A Fúria e a Aurora, principalmente porque eu não esperava que o enredo fosse me prender tanto e nem que eu fosse me apaixonar pela história de Khalid e Shazi. A escrita de Renée é maravilhosa e a forma como os personagens crescem ao longo do livro envolvem o leitor na trama. Não vejo a hora de conseguir ler a continuação, A Rosa e a Adaga.

Gostou da resenha? Então curta a nossa página do Facebook para acompanhar as novidades do blog!

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

12 Comentários

  • Debyh
    30 maio 2017

    Eu li As Mil e Uma Noite há muito tempo, e nem foi a versão longa, foi a menor mesmo.
    Achei interessante o modo de como a heroína vai aos poucos achando seu lugar, não acho muito legal quando ela vai com “tudo” geralmente ela só se ferra ou fica bem falsa a história.
    Se eu tiver chance lerei sim.

  • Kemmy
    16 maio 2017

    Guriaaaaa, eu também tô enrolando pra ler esse livro e nem sei por que, pois desde que ele foi lançado que fiquei bem curiosa pra ler. POr um lado foi ótimo, pois não sabia que seria duologia e se tivesse lido logo teria que esperar a continuação hahaha
    Enfim, quero conferir essa história meio doida (se apaixonar por um cara desses? Tem que ter motivos muito fortes mesmo) e como não conheço direito a história “original” não vou me prender a esses detalhes também, então poderia ser totalmente diferente que eu nem notaria rs.
    Bela resenha e belas fotos!

  • Beatriz Ferreira
    13 maio 2017

    Hey, tudo bem?
    Eu estava louca pra ler esse livro, já ouvi muitas coisas boas sobre o mesmo, a capa é simplesmente linda!!! Adorei sua resenha.

    Beijos literários!
    http://www.blogparadaliteraria.com.br

  • Maria Luíza
    13 maio 2017

    Olá, tudo bem?
    Eu estou com esse livro há algum tempo, mas até hoje não consegui encaixá-lo nas minhas leituras. Pelo que vi da sua resenha, acho que acontecerá comigo o mesmo que com você e eu vou ficar me perguntando porque não li este livro antes.
    Eu já estava com a expectativa bem alta para esse livro e, depois de ler sua resenha, fiquei ainda mais curiosa. Espero ler em breve!
    Beijos!

  • Ana Caroline
    12 maio 2017

    Olá, tudo bem? Nossa, só vejo elogios para o livro e confesso que desde o lançamento eu estou querendo ler ele, mas ainda não tive coragem. Sua resenha só ressaltou pontos que eu também adoraria em uma história. Adorei saber que os personagens nos conquista. Isso me deixa mais animada!
    Beijos e ótima resenha,
    diariasleituras.blogspot.com.br

  • Thaís Oliveira
    12 maio 2017

    Oiee
    Menina, tô boba com a sua resenha. Sério!!
    Eu já tinha visto a capa desse livro por aí e nunca me interessei nem mesmo de ler a sinopse. E aqui, agora, lendo percebi o quanto dei bobeira.
    Primeiro pq eu adooooro a história das mil e uma noites. E, mesmo sendo uma releitura q eu também tenho um receio inicial, a sua resenha me deixou bem animada com a leitura. Gostei demais.
    Ser uma duologia também me desanimou um pouco, pois estou querendo fugir de histórias q não sejam livro único. Mas se o enredo for bem, acho q vale a pena.
    Nossa!! Gostei demais dos seus comentários. Ja anotei a dica. Obrigada!
    bjo

  • NIZETE RIBEIRO
    12 maio 2017

    Olá!
    Nunca li As Mil e Uma Noites e que eu me lembre nunca assisti nada também. Acha que devo ler o clássico pra depois me aventura nessa versão?
    Ou isso não atrapalha em nada?
    Gostei da proposta desse livro e acho que vou amar o casal também. rsrs
    Abs
    Nizete
    Cia do Leitor

  • Jéssica
    10 maio 2017

    Oi Débora,
    Adorei a resenha, como sempre!
    Já me deparei com a capa de A fúria e a Aurora diversas vezes, mas nunca tive curiosidade para ler a sinopse, pensando que o livro era mais um romance água com açúcar.
    Agora que sei que é uma releitura de um clássico que todo mundo já ouviu pelo menos uma vez na vida, fiquei morrendo de vontade de lê-lo e saber como termina.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

  • Michele Lopez
    10 maio 2017

    Olá,
    Já faz um tempinho que quero fazer a leitura da obra e sua resenha só aumentou essa vontade.
    Saber que a parte fantástica é muito bem trabalhada, assim como os personagens e que dessa forma somos envolvidos pela trama do inicio ao fim me deixou bem animada.

    LEITURA DESCONTROLADA

  • Karine Fernandes
    10 maio 2017

    Eu me lembro que quando esse livro lançou eu fiquei muito curiosa para ler. Até coloquei ele no Kindle. Mas com o tempo eu fui ficando cada vez mais desanimada. Eu tenho isso com releituras. Me incomodam muito. Mas sua resenha me deu aquele toque de querer tentar novamente dar uma chance ao livro. A capa que é bonita. Fiquei curiosa.

    Beijos.

  • André
    10 maio 2017

    Oi Déb,
    Estava com vontade de ler A Fúria e a Aurora, mas tinha dúvidas sobre como seria essa releitura de As Mil e Uma Noites. A sua resenha sanou todas as dúvidas. Agora, é só ler e espero gostar assim como você.
    Beijos.
    André, do Garotos Perdidos.
    http://www.garotosperdidos.com

  • Amor Literário
    09 maio 2017

    Notei que você curtiu bastante a leitura! Eu gostei de saber que o casal se encaixa e que a leitura fluí bem. Voltei a ler livros desse gênero e acho que vou gostar da leitura! ><

    https://amorliterarioo.wordpress.com

  • Siga o @laoliphantblogInstagram