La Oliphant

La Oliphant

Resenhas

O Fastama por Jo Nesbo

O livro no Skoob e no Goodreads.

Editora: Record
Ano de Publicação: 2017
9º livro da série Harry Hole
Número de Páginas: 490
Código ISBN: 9788501105288

Obs: Este livro foi cedido em parceria com a Editora para resenha.

Comprar:


Sinopse: Para salvar aqueles que ama, Harry Hole precisará enfrentar seus próprios fantasmas em mais um caso brutal que abala Oslo. Depois de três anos morando em Hong Kong e tentando fugir dos traumas de sua vida como detetive em Oslo, Harry Hole retorna à Noruega. O impensável aconteceu: Oleg, o menino que ele ajudou a criar, foi preso, acusado de matar um traficante de drogas. Harry não acredita que ele seja um assassino e inicia uma caçada para prender o verdadeiro culpado. Apesar de não pertencer mais à Divisão de Homicídios, Harry tem um novo caso a resolver. Mais uma vez ele percorrerá o submundo de Oslo, onde uma nova droga está se tornando bastante popular. Mas isso não será o suficiente para salvar Oleg. Para provar a inocência do rapaz, Harry será obrigado a confrontar o próprio passado.

Paac Rodrigues
03 de julho de 2017 03/07/2017 0 Comentários

O Fantasma é o nono livro lançado da série investigativa Harry Hole, escrita por Jo Nesbo e lançado esse ano pela Editora Record, e apesar de ter uma premissa muito boa o livro acabou não sendo exatamente aquilo que eu procurava quando iniciei a leitura, e mesmo com os elogios que eu sempre via sobre as obras de Nesbo eu fiquei esperando que minhas expectativas fossem supridas, mas não foi exatamente isso que ocorreu, Nesbo é bom, porém eu esperava um pouco mais.

Depois de anos longe de Oslo, Harry Hole agora precisa voltar para investigar o suposto assassinato cometido por Oleg, que agora está preso acusado do assassinato de um traficante de drogas chamado Gusto. E apesar de não está agindo como investigador e não ser mais um policial, Harry Hole decide tomar conta desse caso e vai até as últimas consequências para provar que Oleg não cometeu o crime.

Harry Hole é um personagem que já vem sendo desenvolvido a um certo tempo, e talvez por não ter lido os outros livros eu não tenha pegado toda a essência do personagem, eu gosto da sua construção dentro da obra, gosto de como sua relação com Oleg e Rakel se desenvolve e como o detetive age de forma propensa aos ambientes e situações que ocorrem, mas por algum motivo, mesmo sendo um personagem muito bom e bem construído e mesmo tendo gostado dele eu não consegui sentir aquela empatia, eu compreendia seus temores, sua forma mais fria de agir que querendo ou não tem a ver com seu histórico  de sofrimentos e traumas pelos quais já passou, mas faltou aquela empatia pelo personagem, uma conexão que sempre esperamos ao ler uma obra, independente de qual seja.

O Fantasma não é exatamente um livro ruim, pelo contrário ele é bom, porém é mediano, a escrita de Nesbo é boa, mas infelizmente pra mim não foi exatamente fluída, o livro é enorme e lento, e se você não tiver paciência pode não conseguir engatar na leitura. A construção dos personagens é boa, a parte investigativa também, mas muitos momentos do livro são lentos e certas descrições são meio maçantes, enroladas, e ao meu ver um tanto desnecessárias ao enredo geral da obra. Demorei um pouco pra engatar na leitura e só me vi presa a obra mesmo a partir da página duzentos, o que é quase metade do livro.

Apesar da experiência um pouco abaixo da média que provavelmente foi causada porque eu criei altas expectativas na minha cabeça, eu tenho curiosidade em ler os outros livros, porque como falei as investigações são boas, os personagens também e talvez lendo as outras obras eu compreenda melhor Harry Hole e também a forma de escrita de Jo nesbo. E é pelos pontos positivos da obra que eu recomendo a leitura pra quem gosta de uma boa investigação, porque isso o livro tem e é de boa qualidade.

Gostou dessa resenha? Então se inscreva na NEWSLETTER do blog para acompanhar as novidades!

Paac Rodrigues

Taurina, apaixonada por Harry Potter e fascinada por serial killers, sonha em ser professora desde criança, estudante de psicologia por acidente e mãe de uma cachorrinha chamada Neve por puro amor.

ver todos os artigos »



Deixe seu Comentário


Débora Costa

Débora Costa

Geminiana. Escritora de romances nas horas vagas, mas viciada em séries no dia a dia. Publicitária hiperativa de 9h às 18h. Tem Oasis em todas as suas trilhas sonoras literárias. Prefere o Goodreads ao Skoob. A maluca dos romances de época que ainda vai escrever um livro sobre viagem no tempo.

O que eu estou lendo?

Ligeiramente Perigosos
Mary Balogh

Compre com desconto

@laoliphantblog

Colaboradores

Vinicius Fagundes

ver todos os artigos »

Beatriz Kollenz

ver todos os artigos »

Paac Rodrigues

ver todos os artigos »

Editoras Parceiras

Assine nossa Newsletter

Últimos Vídeos