Lista 18dez • 2017

3 motivos para você ler os livros da Tessa Dare

Romance de época é um gênero do qual eu realmente não me canso de falar. Desde que eu li O Duque e Eu já se passaram quatro longos anos e o meu número de romances só aumentou. Eu fui de Julia Quinn a Mary Balogh sem medo. Me apaixonei por personagens, arrisquei ler autoras que ainda não foram publicadas no Brasil e explorei o gênero de todas as formas que eu podia. Inclusive, estou trabalhando no meu primeiro original de romance de época. Mas não estamos aqui para falar dele, viu?

Como toda boa leitora de romance de época, ao longo das minhas leituras, eu fui colecionando algumas autoras cujo os personagens se encaixavam mais com o meu gosto literário. Foi assim que surgiu a minha paixão por Sarah MacLean, Julia Quinn e Lorraine Heath, autora que me conquistaram com suas heroínas, romances e heróis de tirar o fôlego. Mas tem uma outra autora que, por sinal, também é muito maravilhosa, que roubou meu coração com suas histórias nas highlands e fez com que eu me apaixonasse ainda mais pela Escócia: Tessa Dare.

A primeira série da Tessa publicada no Brasil foi a Spindle Cove, publicada pela editora Gutenberg, seguida pela série Castles Ever After – a minha série favorita dela. Apesar de as capas não serem as mais atrativas, eu posso garantir que a escrita da autora vale a pena cada segundo que você vai passar com esses personagens. Suas heroínas são determinadas, independentes e conseguem tirar qualquer duque ou marquês do sério num piscar de olhos. E se você ainda não está convencido a ler os livros da Tessa Dare, eis aqui uma lista de motivos para você fazê-lo:

Os enredos de Tessa Dare são sempre originais.

Quando você lê muitos romances, eventualmente você começa a ter aquela sensação de “eu já vi isso antes” com alguns enredos. E comigo não foi diferente, principalmente quando eu estava numa fase de maratonas romances de época. Mas Tessa Dare é uma autora que conseguiu me conquistar justamente porque ela foge do comum, do básico. Eu gosto da forma como ela desafia seus personagens a crescerem e como suas histórias nunca se desenvolvem para o esperado. Sempre que eu leio Tessa eu fico com a sensação de “Eu não esperava por isso, honestamente”.

Além disso, seus personagens sempre têm alguma peculiaridade que me faz amá-los e seus romances nunca são algo superficial na história. Dare tem um jeito único de contar seus enredos românticos e quando você finalmente vê esse romance acontecendo diante dos seus olhos, você simplesmente sabe que aquilo é certo. Eu sou completamente apaixonada pela forma como essa mulher escreve.

Cada uma de suas heroínas é especial a sua maneira.

E isso é o que eu mais amo em todos os livros da Tessa Dare: suas heroínas. Não importa qual seja o enredo do livro, se tem uma coisa que é certa é que a personagem principal vai ser uma personagem que você nunca vai se esquecer. Eu me apaixonei pela Minerva, no segundo livro da série Spindle Cove, porque eu sabia que ela seria capaz de fazer qualquer coisa para realizar seu sonho e ser reconhecida pelo seu esforço. Eu me encantei com Clio, no segundo livro da série Castles Ever After, porque eu achei incrível ela querer ser dona do próprio destino e não buscar no casamento uma forma de resolver seus problemas.

O que realmente me impressiona nos livros da Tessa Dare é saber que mesmo que essas mulheres não tivessem se apaixonado, elas ficaram bem. O casamento para elas nunca foi uma obrigação ou um desejo, mas sim algo inesperado que, em nenhum momento, fez com que elas se afastassem do que elas realmente queriam. E por mais que cada uma delas tenha um desejo diferente, é incrível saber que nenhuma delas desistiria de um sonho por causa de um título.

A escrita da Tessa Dare é de tirar o fôlego.

Eu simplesmente mergulho de cabeça nos enredos da Tessa Dare. Desde a minha primeira leitura dela eu venho me apaixonando mais e mais pela forma como ela constrói seus personagens e desenvolve seu enredo. Eu sempre sinto falta nos romances de época, de uma construção mais profunda dos personagens. Nem todos os autores são capazes de explorar as fraquezas e os medos dos seus personagens de forma que eles cresçam ao longo da história, e a Tessa faz isso como se fosse algo muito natural para ela. Como não amar?

Você consegue ver muito da habilidade de escrita da Tessa quando as cenas mais “picantes” do livro são algo que você se sente muito confortável lendo. Eu sempre tive esse receio com a maioria dos romances de época, mas Dare tem um jeito tão único e perfeito de construir seus enredos que as cenas mais quentes do livro são algo que o leitor vai gostar muito de ler. Além disso, o desenvolvimento das suas personagens são maravilhosos, principalmente em A Noiva do Capitão, terceiro livro da série Castles Ever After. Eu realmente adorei ver como a Maddie conseguiu superar sua fobia social de uma forma muito verdadeira.

Se você já conhece os livros da Tessa Dare, deixa aqui nos comentários qual seu livro favorito da autora e como foi a sua experiência lendo os livros dela, tá bom? E se você ainda não conhece o gênero e está querendo começar, eu indico muitos os livros dessa autora, principalmente a série Castles Ever After, eu tenho certeza de que você vai gostar muito desses personagens.

Gostou? Então se inscreve na nossa newsletter para acompanhar os próximos conteúdos do blog!

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

Siga o @laoliphantblogInstagram