Clube Nacional 06fev • 2017

Você está pronto para publicar seu livro?

Este ano eu completei o meu primeiro desafio do NaNoWriMo e escrevi cinquenta mil palavras de um livro que, até então, se chama “Never Ending”. Quando eu tomei a decisão de que iria me aventurar no mundo da escrita, meu primeiro impulso foi pesquisar e entender o mundo literário. Escolhi a narrativa que mais me agradava, me aprofundei nos meus personagens e busquei compreender melhor o universo que eu queria criar para contar aquela história. Nesse processo, eu acabei entrando em vários grupos do Facebook com autores que, assim como eu, estavam dando o seu primeiro passo – ou já tinham avançado bastante quando se tratava do seu livro.

Uma coisa que eu notei, principalmente depois de ter completado o desafio, é que muitos de nós, autores, não sabemos qual caminho seguir depois que passamos do processo de criação da história. E isso, não necessariamente, é um problema. O mercado literário brasileiro pode ser muito confuso para algumas pessoas, mas a verdade é que publicar uma obra é um processo e nós precisamos segui-lo passo a passo, mesmo quando a ansiedade de ver nosso livro numa prateleira da Saraiva nos consuma por dentro.

publicar-um-livro-3

Foi no meio dessa minha angustia de não saber o próximo passo que eu me deparei com um artigo do Chuck Sambuchino no Writers Digest, um dos sites sobre escrita que eu costumo acompanhar, que foi uma luz no fim do túnel sobre os passos que são precisos seguir depois que terminamos de escrever a nossa obra – e por “terminar” eu quero dizer quando você tem 100% de certeza que a sua obra está pronta.

Crie um “gatilho”.

O gatilho nada mais é do que algumas palavras que respondem a pergunta mais importante que qualquer autor vai responder nessa vida: “Sobre o que é o seu livro?” Essas palavras precisam ser tudo o que o leitor precisa para estar convencido de que seu livro é uma ótima escolha para ser a sua próxima leitura. O gatilho vai ser seu principal instrumento de divulgação da sua obra. Você precisa conhece-lo bem e gostar dele para que o use sem hesitação.

“Você precisa de um gatilho com 25 palavras, um parágrafo, aquela única página e então, tudo. Tudo isso é muito útil para você no futuro. O gatilho serve para pesquisas futuras, para criar um relacionamento com possíveis leitores, isso é, quando responde à pergunta “sobre o que é o seu livro””, explica.

publicar-um-livro-2

Pense no Marketing.

Quando você finalmente termina seu processo de escrita, o próximo passo é pensar em como você vai levar essa obra para os seus leitores. Muitos autores acreditam que suas obras são capazes de se venderem sozinhas, mas criar uma estratégia de marketing é importante para que você descubra a melhor forma de abordar o seu público e, principalmente, onde. “Parte desse plano de marketing é, naturalmente, sua presença on-line. Você tem um blog? Você tem um website? Você está no Facebook, Twitter, Goodreads? Você está mantendo-se com a indústria em constante mudança?”, diz Sambuchino.

Vamos falar sobre blogs e sites.

A maioria dos autores nacionais que eu conheço si quer tem uma página do Facebook. Falo isso porque trabalho com alguns no Clube Nacional, e a maioria que entra em contato comigo não tem um material de divulgação pronto, nem mesmo um link que possamos acessar para conhecer mais sobre o seu trabalho. Isso dificulta muito quando o leitor ou mesmo uma editara quer saber mais sobre o autor, ou até mesmo entrar em contato com ele para uma conversa.

Em seu artigo, Sambuchino levanta a questão da publicação: “Se eu não sou publicado, porque eu preciso de um blog ou um site?” Bom, provavelmente você não vai ter mais do que a sua biografia publicada, ou alguns prêmios que você ganhou ao longo do tempo e alguns pequenos contos que escreveu, mas mesmo que todo o seu conteúdo se resuma a uma breve biografia, é muito importante que você tenha um bom domínio. “Quanto ao conteúdo, nos conte um pouco sobre o seu livro. Nos dê um trecho do primeiro capítulo. É uma chance de criar sua personalidade pública. Você vai ser extrovertido e aberto? Engraçado? Misteriosamente distante? Uma vez que o livro é publicado, é quase tarde demais para obter essa presença na internet, então começar a obter essa presença antes de você mesmo terminar o manuscrito.”, afirma.

publicar-um-livro-4

Tenha um discurso aberto.

Compartilhe com as pessoas sobre a sua experiência como autor. Busque estar presente em eventos literários, conhecendo pessoas e compartilhando com ela um pouco do seu trabalho. Esteja seguro daquilo que você criou como autor e não deixe passar a oportunidade de mostrar um pouco do seu trabalho. “E assim você precisa preparar algumas apresentações, algo que diz um pouco sobre você e um pouco sobre seus livros. Você não pode sempre fazer uma leitura de seu livro e, vamos enfrentá-lo, muitos autores são inseguros sobre ler em voz alta. Ter algo interessante para oferecer por meio de uma apresentação é muito importante.”, acrescenta Chuck.

Por fim, não sejam um daqueles autores que só sabem criticar o meio editorial do país e mostrar o quanto estão trabalhando duro para serem publicados. Sejam o mais profissional que conseguirem e acreditem no trabalho que estão realizando. Mais importante do que outras pessoas aprovarem o seu livro, é você mesmo ter certeza de que a sua história vale a pena ser lida, por isso, não se abalem com as rejeições e sigam em frente com aquilo que acreditam.

E se você é autor e tem alguma dica que acha válida para os nossos autores nacionais, não deixem de colocar aqui nos comentários.

Débora Costa ver todos os artigos
Escritora melancólica nas horas vagas, publicitária hiperativa no dia a dia. Viciada em Oasis, uma eterna apaixonada por Beatles. Leitora compulsiva de livros de steampunk. Futura autora de um livro sobre viagem no tempo.

Posts relacionados

Comente com o Facebook

Comente pelo WordPress

Siga o @laoliphantblogInstagram