La Oliphant

La Oliphant

Tudo em: Cinema

Uma História Meio Que Engraçada

Vinicius Fagundes
29 de novembro de 2015 29/11/2015 0 Comentários

Uma História Meio Que Engraçada | Da Estante Pra Tela

É muito raro pra mim conseguir ler um livro e me identificar muito com um personagem. É um pouco preocupante que em uma das únicas vezes em que isso acontece, é com um personagem que sofre de ansiedade e de depressão.

Uma História Meio que Engraçada é um livro do autor Ned Vizzini, publicado originalmente em 2006, e lançado no Brasil em 2015 pela Editora Leya. O livro conta a história de Craig Gilner, um garoto de 16 anos. Craig, que frequenta um dos colégios mais prestigiados de Nova York, não consegue lidar com a pressão que o trabalho de escola coloca sobre ele e acaba caindo em uma depressão profunda, e eventualmente, tenta se matar.


O Sétimo Filho

Vinicius Fagundes
04 de setembro de 2015 04/09/2015 9 Comentários

Da Estante pra Tela: O Sétimo Filho

Um dos gêneros literários mais complicados de se adaptar para o cinema é a fantasia. Graças aos elementos fantásticos, como as criaturas e os cenários que são descritos pela narração, as adaptações literárias precisam ser feitas com bastante cuidado e atenção, pois qualquer erro, por menor que seja, pode acabar estragando o filme inteiro.Fora as franquias mais obvias, como Harry Potter, Senhor dos Anéis e Narnia , diversas séries literárias já foram adaptadas pro cinema com resultados insatisfatórios (Eragon, A Bússola de Ouro, Percy Jackson, Os Seis Signos da Luz, etc).

A principal reclamação que os fãs tem com essas adaptações é que os filmes não se mantem fiéis ao material que estão adaptando. Infelizmente, O Sétimo Filho é mais um exemplo de uma adaptação que simplesmente não se importou em representar o seu material de origem, e preferiu tentar fazer um produto que fosse mais fácil de vender.


Cidades de Papel

Vinicius Fagundes
24 de julho de 2015 24/07/2015 10 Comentários

Da Estante pra Tela: Cidades de Papel

Após o sucesso esmagador de A Culpa é das Estrelas, os estúdios de Hollywood acordaram e perceberam que: livros de John Green + adaptação pro cinema = montanhas de dinheiro. Na mesma época do lançamento de ACEDE,o autor anunciou que o próximo livro dele a fazer a transição pro cinema seria Cidades de Papel, e milhões de fãs ao redor do mundo comemoraram.

Os direitos de adaptação do livro haviam sido comprados em 2008, e desde então o autor já havia expressado dúvidas se o filme iria ou não ser feito. Ele chegou, inclusive, a dizer que os produtores estavam insatisfeitos com o roteiro, que o próprio John Green tinha escrito. Enfim, 7 anos depois, para o alivio de todos os nerfighters, Cidades de Papel chegou aos cinemas, em Julho de 2015. Mas será que o filme fez jus ao livro?


The Duff

Vinicius Fagundes
27 de junho de 2015 27/06/2015 11 Comentários

Da Estante Pra Tela: The Duff

Parece que toda década tem um filme que se torna um clássico para os adolescentes. As Patricinhas de Beverly Hills, Meninas Malvadas, 10 Coisas que Eu Odeio em Você, etc. Filmes que retratam o quanto complicada e dramática essa época da vida pode ser.

Mas parece que nos últimos anos, (de 2010 pra frente, pra ser mais específico) nós ainda não tivemos esse filme (A Mentira e A Escolha Perfeita chegaram perto), que se insere na cultura pop de forma tão marcante, que tem frases memoráveis pra sempre repetidas por anos e anos.


Shadowhunters x Cidade dos Ossos

Vinicius Fagundes
27 de maio de 2015 27/05/2015 12 Comentários

Da Estante Pra Tela: Cidade dos Ossos x Shadowhunters

Quando anunciaram que finalmente a série Instrumentos Mortais, da autora Cassandra Clare, ia ser adaptada para o cinema, eu fiquei muito feliz. Pensei: “Uma das minhas séries favoritas, cheia de ação e mitologia, só pode dar um filme incrível!” Ledo engano. Infelizmente, o filme foi uma decepção, principalmente por causa do roteiro fraco.

Enfim, mais uma adaptação literária decepcionante. Não foi a primeira e nem seria a última. (Né, Insurgente?) Fim de papo, né? Não, não é. Em Outubro de 2014, foi anunciado que, em vez de continuarem a série no cinema, seria produzida um série de televisão, a ser exibida pelo canal ABC Family, o mesmo de Pretty Little Liars. E nas ultimas semanas, finalmente tivemos notícias em relação ao elenco.


Insurgente

Vinicius Fagundes
18 de abril de 2015 18/04/2015 12 Comentários

Da Estante Pra Tela // Insurgente

Depois da onda de romances sobrenaturais (Crepúsculo, Vampire Diaries, True Blood, etc), a próxima grande onda de adaptações literárias foi, sem dúvida, a de distopias. O maior sucesso foi, é claro, a série Jogos Vorazes, e logo depois, outras obras também foram levadas para o cinema.

No mesmo ano, tivemos nada menos que 4 filmes baseados em livros distópicos nos cinemas. Além do terceiro filme da série Jogos Vorazes, A Esperança – Parte 1, contamos também com O Doador de Memórias, Maze Runner: Correr Ou Morrer, e Divergente, esse ultimo que também se mostrou um grande sucesso, rendendo milhões de dólares em bilheteria e levando o estúdio a produzir uma sequencia, que estreou agora em 2015, além do anuncio de que o ultimo livro seria divido em 2 filmes (Que surpresa, né?).


Cinquenta Tons de Cinza

Vinicius Fagundes
21 de março de 2015 21/03/2015 19 Comentários

Da Estante pra Tela // Cinquenta Tons de Cinza

Nos últimos anos, poucas séries literárias levantaram tanta controvérsia quanto a trilogia Cinquenta Tons de Cinza. Além do conteúdo erótico da série, muito se falou sobre a natureza do relacionamento dos personagens principais, Anastacia e Christian, e sobre a origem da historia, originalmente uma fanfic da Saga Crepúsculo, de Stephenie Meyer.

Apesar de todas as críticas, Cinquenta Tons de Cinza conseguiu reunir uma fanbase impressionante, e logicamente, logo foi anunciada uma adaptação cinematográfica. O processo de produção do filme foi tão conturbado quando o do livro. Inúmeras mudanças de elenco, vários protestos de grupos de apoio a mulheres, e supostas brigas entre a autora e a diretora do filme.


Débora Costa

Débora Costa

Geminiana. Escritora de romances nas horas vagas, mas viciada em séries no dia a dia. Publicitária hiperativa de 9h às 18h. Tem Oasis em todas as suas trilhas sonoras literárias. Prefere o Goodreads ao Skoob. A maluca dos romances de época que ainda vai escrever um livro sobre viagem no tempo.

O que eu estou lendo?

O Príncipe Corvo
Elizabeth Hoyt

@laoliphantblog

Colaboradores

Vinicius Fagundes

ver todos os artigos »

Beatriz Kollenz

ver todos os artigos »

Paac Rodrigues

ver todos os artigos »

Editoras Parceiras

Compre com desconto

Assine nossa Newsletter

Últimos Vídeos